Recife Sites - Agência Web
NOTÍCIAS
Publicado em 07/07/2015, às 16h26
PayPal protegerá consumidores em compras de bens intangíveis

O PayPal ampliou seu programa de proteção para compras de bens intangíveis. Na prática, a companhia de meios de pagamento online expande uma iniciativa que já suportava consumidores na aquisição de produtos físicos que, agora, também passa a valer para negócios de download de software, música, vídeo; passagens aéreas e outros serviços diversos.

A empresa já media eventuais desacordos entre vendedores e clientes quando uma pessoa comprava determinado produto físico e não o recebia (ou ficava descontente com o que recebia). A companhia resolvia o litígio avaliando se havia má fé de um dos lados. Eventualmente, assumia o pagamento.

A estratégia agora endereça um mercado global que movimentou US$ 57 bilhões em 2013 e que cresce aproximadamente 30% ao ano. “Era importante que o programa atendesse a esse perfil [de transação]”, comenta Renato Pelissaro, diretor de marketing da empresa para a América Latina.

O executivo indica que o “Buyer Protection” é uma das principais ações da provedora para melhorar a experiência dos consumidores e derrubar barreiras para impulsionar meios digitais de pagamento. Ele cita que a cobertura contempla qualquer tipo de bem digital, como música, e-books e serviços (desde download de software até passagens aérea).

O processo segue a mesma lógica já aplicada na proteção à compra de bens tangíveis. “O maior risco é dimensionar o tamanho das perdas”, comenta o diretor sobre o novo escopo, sinalizando que, nos casos onde não houve má fé de nenhum dos lados, o PayPal arca com esses gastos e reembolsos. “Mas a percepção de valor que o consumidor tem é tão maior do que de custos associados, mostra que é um programa de faz sentido”, adiciona.

Segundo o executivo, a oferta usa a expertise da companhia em gestão de risco. A empresa estima que suas perdas ocasionadas por fraude giram na casa dos 0,32% do volume total transacionado. “É [um percentual] superbaixo”, classifica Pelissaro, citando que o restante da indústria de pagamentos opera com taxas acima disso.

A companhia rodou um projeto-piloto para bens intangíveis na Inglaterra durante algum tempo. Depois de validar o modelo, expande a iniciativa a outros mercados. A ação chega ao Brasil agora em julho. “Temos uma base de aceitação montada para um determinado perfil”, aponta.

Fonte

Recife Soluções Digitais LTDA - CNPJ: 19.889.400/0001-28 - Rua General Joaquim Inácio, 830 - Sala 212 - Edf. The Plaza - Ilha do Leite - Recife - PE - (81) 3127.0101 - contato@recifesites.com