Recife Sites - Agência Web
NOTÍCIAS
Publicado em 06/12/2012, às 14h20
Começa hoje encontro da ONU que pode mudar estrutura da internet

 

Começa nesta segunda-feira, 3, em Dubai, uma reunião com governos de 193 nações da União Internacional de Telecomunicações que pode definir novos rumos para a internet. A principal polêmica do encontro, que terá duração de 12 dias, é uma proposta de dar à ONU parte do controle sobre a rede mundial de computadores - proposta que vem sendo debatida há tempos e que agora, por entrar oficialmente em discussão, exaltou os ânimos do setor.

O Google foi o que mais ergueu a voz, a partir da campanha #freeandopen, em que tenta mobilizar o máximo de pessoas possível para lutar contra. A gigante de buscas questiona o fato de apenas governos - e não empresas - terem vez na reunião e alerta que algumas das propostas em discussão podem legitimar a censura na internet.

"Até agora, mais de 1 mil organizações de mais de 160 países têm falado muito, e eles se juntam a centenas de milhares de internautas que se levantaram por uma internet livre e aberta", declarou Vint Cerf, vice-presidente e evangelista-chefe da área de internet da empresa.

Pelo menos 15 organizações e empresas brasileiras fazem parte do movimento citado pelo VP do Google, o "Protect Global Internet Freedom", mas países como Canadá e Estados Unidos têm centenas de apoiadores.

União Europeia e EUA são oficialmente contra alguns pontos, como os que preveem taxar o tráfego da internet e facilitar o rastreamento de usuários - este último proposto por governos de África e Ásia, que querem taxar empresas como Facebook e Google por conta de transferência de conteúdo a redes internacionais.

 

Fonte

Recife Sites © Todos os direitos reservados - contato@recifesites.com