Recife Sites - Agência Web
NOTÍCIAS
Publicado em 24/05/2012, às 12h52
Mobilização de usuários leva empresa a premiar animais que foram desclassificados em seu concurso cultural

Nos últimos dias os usuários do facebook mostraram sua força ao criticar a marca de fraldas infantis Pom Pom por desclassificar dois vencedores de um concurso cultural feito pela página da empresa na ra rede social, o motivo alegado pela empresa foi que os vencedores não se encaixavam em seu público final: dois animais de estimação. A mobilização levou a fabricante de fraldas Pom Pom a doar 2 mil fraldas a dois animais com necessidades especiais.

Tudo começou quando duas pessoas inscreverem seus animais de estimação no concurso “Mostre ao mundo o amor pelo seu bebê”, promovido pela marca na rede social, onde pedia-se que enviassem uma foto do seu bebê e a mais curtida ganharia diversos prêmios, entre câmera fotográfica, filmadora e seis meses de fraldas grátis.

Os bichinhos em questão, Léo, um gato, e Bruce Lee, um cachorro, são deficientes e têm de usar fraldas 24 horas por dia. Suas fotos foram aprovadas e depois de um tempo passaram a ser as mais votadas no site do concurso. Porém, na segunda-feira (21) a Pom Pom escreveu um post desclassificando os animais e retirando suas fotos, alegando que suas fraldas são feitas apenas para o uso de bebês humanos – o que gerou revolta em grande parte dos fãs da marca. O post foi deletado e outro foi feito na noite da terça-feira (22), mas a decisão continuou não agradando.

Insatisfeitos, os usuários criaram uma página no Facebook contra a marca, chamada “Não compre Pom Pom”, que já conta com mais de 650 membros. Eles também passaram a usar a hashtag “#naocomprepompom” no twitter. O esforço trouxe resultado: a Pom Pom se pronunciou novamente por volta do meio-dia da terça-feira dizendo que Bruce e Léo continuam desclassificados, mas que doarão mil fraldas específicas para uso animal a cada um deles.

“A equipe de Pom Pom se sensibilizou com as histórias do gatinho Léo e do cão Bruce e com o empenho e carinho de todas as pessoas que se mobilizaram para ajudá-los. Por isso, fazemos questão de colaborar, doando para cada um deles 1.000 (mil) unidades de fraldas especiais para animais”, afirmou a fabricante.

Outra empresa também se sensibilizou com a situação dos animais e ofereceu seis meses de fraldas para os animais.

Fonte (Adaptado)

Recife Sites © Todos os direitos reservados - contato@recifesites.com